FRATURA DE OLÉCRANO

Depois de um bom tempo sem escrever no blog resolvi dar as caras, mas hoje o assunto não vai ser viagens e nem sobre veganismo. Resolvi dividir com vocês sobre minha experiência com meu cotovelo quebrado e o que tenho vivido!
O foco deste post não para me fazer de vítima e nem fazer com que as pessoas sintam pena de mim, mas o objetivo dele é para ajudar outras pessoas que estão passando pelo mesmo problema que eu!
Pois bem! Dia 3 de outubro sofri um acidente de moto, uma mulher varou o pare e para eu não bater no carro dela, acabei jogando a moto para o lado e voei da moto, fraturando meu cotovelo esquerdo, enquanto a motorista fugia, sem prestar socorro! A dor era insuportável e eu berrava demais, eu sabia no momento que havia fraturado alguma coisa, pois eu não conseguia mexer o braço e meu cotovelo estava o dobro do tamanho.
O SAMU chegou e me levou para o hospital, chegando lá chamaram o ortopedista, que automaticamente pediu uma radiografia. Quase vomitei de tanta dor na hora de fazer o raio x, simplesmente ela não conseguiu porque era impossível, eu berrava só de relar no meu braço e juro que não era frescura!
O Médico engessou meu braço e me perguntou você quer ser operada amanhã cedo ou prefere agendar para a fazer a operação?
Minha reação foi chorar e só depois tentar entender que no meu caso, só uma cirurgia iria resolver! OLÉCRANO FATURADO!

img_2946 img_2947

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s